Anti-coach

Coaches são, antes de tudo – escritores, palestrantes, psicólogos e grandes líderes.

Posso confiar em algum Coach?”
Vale a pena fazer coaching?”
Existem profissionais sérios neste ramo?”
Se estas são suas dúvidas, SIM – definitivamente SIM é a reposta para todas as perguntas acima.

Mas esta não é a pergunta certa.
Como identificar um Coach sério?” deve ser a sua pergunta.
A crua verdade é: poucos podem pagar por um bom Coach.
Não estamos falando do fenômeno Tony Robbins e seus super eventos.
Coaches assim são, antes de tudo – escritores, palestrantes, psicólogos e grandes líderes.
Quantas pessoas tão evoluídas você conhece e que reúnem as competências acima?Certamente não é o “José da Silva – Life Coaching” ali da esquina – formado em Administração e trabalha como Executivo de Negócios (vulgo Vendedor).

“Mas Bottini… qual a sua formação?”
“Você está desqualificando Vendas? Administração? Life-coaching?”
Não. Eu estou desqualificando o José da Silva.
Não falo daquilo que não conheço.
Tenho um rígido código editorial.

Não é um diploma que faz um bom profissional.
Um bom profissional é forjado no fogo.

Considero Vendedor uma das melhores profissões.
Talvez a mais útil de todas.
Vender é uma arte.
Mas o Zé faz disso um título de “Executivo”.

Administração é uma escola fantástica.
Sou Administrador também – e posso afirmar que é a escola que mais reúne gente que não sabe o que fazer da vida.
Mas o Zé “precisava” de um diploma.

Não é um diploma que faz um bom profissional.
Um bom profissional é forjado no fogo.
Vive experiências. Lida com crises.
O tempo faz um bom profissional.

Eu mesmo fui procurar cursos de Life Coaching.
Fiz alguns – não vou citar, em respeito aos que fizeram.
Encontrei algo próximo entre eles – seguem algum método.
Mas não é o bastante. Não me qualifica o suficiente.
E vi muito charlatão. Muita gente picareta.
Não vendo coaching. Não me considero Coach.
Mas advoco contra os oportunistas.
Sou um anti-coach.
E quero abrir seus olhos.

Coaching se tornou mais um produto massificado.
Igual cupcake. Paleta mexicana. Food-truck.

Qualidade de formação é questionável.
Número de formados é absurdo.
Qualquer um pode ser um Coach.
Poucos podem te ajudar, de fato.

Vejo meia dúzia de Coaches dizendo que estão com a agenda lotada.
Que largaram carreiras para virarem Coaches de sucesso.
Mas será que se tornaram Coaches?
Ou viraram vendedores de cursos de coaching?
Ou estão lucrando com produtos para novos Coaches?
Mas quem de fato está contratando um bom Coach?

Coaching se tornou mais um produto massificado.
Igual cupcake. Paleta mexicana. Food-truck.
São tendências impostas.
Poucos fabricam. Muitos consomem.

No fim, te vendem sonhos. Mas no final “só depende de você”.

A receita deles é simples:
– Crie um superproduto.
– Lance uma tendência – um caso de sucesso.
– Gere uma urgência desesperadora.
– Venda seu superproduto.

Vimos isso acontecer nos últimos anos.
“Faça faculdade! Sem diploma você não é ninguém”.
E todos fizeram faculdade.
O mercado saturou.

“Mas você precisa se diferenciar!”
“Faça um MBA”
E todos fizeram um MBA.
E continuam desempregados.

“Mas você é bilingue?”
“Faça inglês / espanhol agora mesmo!”
E todos se tornaram “fluentes” em outro idioma.
Embora mal saibam falar português ainda.

“Mas e as suas finanças?”
“Você precisa de um Assessor de Investimentos!”
E lá vai todo mundo investir.
Mesmo com a economia em ruínas.

Percebe o padrão se formando?
Você é um fracassado.
Precisa de X para vencer.
Eu te vendo X. Amanhã será Y.

Assim temos hoje milhões de pessoas graduadas, pós-graduadas, bilingues, etc.
Temos vários coaches, várias faculdades, vários assessores de investimento.
Temos um milhão de produtos e serviços sendo vendidos com a maior urgência do mundo.

No fim, te vendem sonhos.
Mas no final… só depende de você.
Anote uma coisa: SEMPRE depende somente de você.
Você não precisa de um Coach pra te dizer isso.
Guarde seu dinheiro com coisas mais urgentes.
E não a urgência que te vendem por aí.

coaching

O José da Silva é só mais um, entre muitos.
Ele quer te vender coisas que talvez você não precisa.
Mas se você realmente precisa de ajuda…
E imagino que precisa – senão nem estaria lendo isso, te dou um conselho.

Um bom Coach é, antes de tudo – um especialista.
Especialidade é fruto de muito trabalho.
Ninguém é um especialista em tudo.
Veja a trajetória deste profissional.
Quantos anos de experiência em determinado segmento?

Provem que eles sabem o que estão fazendo com você.
Exija uma sessão gratuita. Material gratuito.
Bons mercadores deixam você provar do produto.
Até os traficantes de drogas sabem disso!
Compare com outros Coaches. Exija o mesmo tratamento.
Compare preços. Avalie o currículo de cada um.

Por fim… Life Coaching é Coaching de Vida.
Para ser um especialista em vida…
Que  trajetória alguém precisa ter?
Pergunte-se isso ao avaliar os entitulados.

Lembre-se:
O mundo é um lugar sombrio.
Repleto de gente mal-intencionada.
Você precisa de ajuda.
Vai demostrar fraquezas.
Vão querer se aproveitar de você.
Desconfie de tudo e todos.
Deixe que provem o valor deles a você.

Se precisar de ajuda para avaliar esses profissionais, entre em contato.

Vejo você do outro lado.
Atenciosamente,
DB.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close